Seu nome:

Seu e-mail:

 
 
 
 

 
 


Roteiros Cascatas e Cachoeiras

Cachoeira do Camorim

Bairro: Camorim
Endere;co: Estrada do Pau da Fome, 4002, Camorim, Jacarepaguá, Rio de Janeiro
Ponto de Referência: Maciço da Pedra Branca

O Rio Camorim além de formar a mais bela represa do Município, tem em suas águas uma das mais belas cachoeiras do Rio de Janeiro.
A trilha tem início após o portão da CEDAE.
Vias de acesso: Estrada dos Bandeirantes, Estrada do Camorim.
A visita só é permitida com o acompanhamento de um guia do Parque de Pedra Branca.

Rio das Paineiras

Bairro: Vargem Grande
Endereço: Estrada de Pau da Fome, 4002, Jacarepaguá, Vargem Grande
Ponto de Referência: Maciço da Pedra Branca

Além do Poço do Gunza, o Rio das Paineiras oferece diversas quedas d'água.
A trilha começa no final da estrada.
Vias de acesso: Estrada dos Bandeirantes, Rua Pacuí, Estrada Mucuiba.
A visita só é permitida com o acompanhamento de um guia do Parque Estadual da Pedra Branca.

Rio da Prata

Bairro: Campo Grande
Endereço: Estrada do Pau da Fome, 4002, Jacarepaguá, Campo Grande

Ponto de Referência: Maciço da Pedra Branca

Um aprazível poço natural, foma um dos mais belos recantos da Parque Estadual da Pedra Branca.
A trilha começa no final da estrada.
Vias de acesso: Estrada do Cabuço, Estrada do Soldado Antônio da Silveira.

Cachoeira do Rio Ciganos e Rio das Pacas

Bairro: Jacarepaguá
Endereço: Estrada Menezes Cortes
Ponto de Referência: Parque Nacional da Tijuca

Cascata de Cantagalo, Cascata da Represa, Cascata dos Ciganos, Cascata Grande.
O Rio Ciganos oferece diversas quedas d'água. Algumas, de difícil acesso, são pouco conhecidas dos visitantes.
O caminho que dá acesso à Represa dos Ciganos, começa próximo ao Hospital Cardoso Fontes.

Cachoeira do Horto

Bairro: Jardim Botanico
Endereço: Horto
Ponto de Referência: Horto

O Riacho Pai Ricardo oferece belíssimas quedas d'água. A maior, tem 20 metros, desce encravada em duas rochas para formar uma pequena piscinas naturais.
A trilha começa após o Portão dos Macacos à margem da represa.
Vias de acesso: Rua Pacheco Leão, Estrada D. Castorina.

Cascata Diamantina

Bairro: Tijuca
Endereço: Floresta da Tijuca
Ponto de Referência: Parque Nacional da Tijuca

Uma das maiores quedas d'água do Parque.
A trilha tem início no recanto da Gruta Paulo e Virgínia.
Vias de acesso: Praça Afonso Viseu, Estrada da Cascatinha, Estrada do Imperador, Estrada Escragnolle, Estrada MAjor Archer.

Cachoeira dos Gravatás

Bairro: Grajaú
Endereço: Grajaú
Ponto de Referência: Parque Nacional da Tijuca

Bela queda d'água formada pelo rio Perdido.
A trilha tem início no recanto da Gruta Paulo e Virgínia.

 

Vias de acesso: Rua Borda do Mato, Rua Marianópolis.

Cachoeira Pai Antonio (Almas)

Bairro: Tijuca
Endereço: Floresta da Tijuca
Ponto de Referência: Parque Nacional da Tijuca

Bela cachoeira formada pelo Rio das Almas.
A trilha começa no Restaurante Floresta, à margem da estarda.
Vias de acesso: Praça Afonso Viseu, Estrada da Cascatinha, Estrada do Imperador, Estrada Dom Pedro Augusto.

Cachoeira da Gruta

Bairro: Tijuca
Endereço: Parque Nacional da Tijuca

Jorrando de uma fenda na pedra, esta pequena queda d'água torna-se uma das mais belas do Parque.

 

A trilha começa perto ao Portão dos Macacos.
Vias de acesso: Rua Pacheco Leão, Estrda D. Castorina

Cascatinha Taunay

Bairro: Tijuca
Endereço: Estrada da Cascatinha
Ponto de Referência: Floresta da Tijuca

Diariamente, das 7 às 18h

Localizada logo na entrada da Floresta da Tijuca, com aproximadamente 30 metros de altura, é a maior e mais bonita queda d'água da todo o Parque Nacional da Tijuca. É formada pelo rio Cachoeira.

Cachoeira do Mendanha

O Rio Guandu do Sapê escorre pela Serra do Mendanha, nos cofins da Zona Oeste.

No caminho, forma quedas-d'água de encher os olhos, os poços cristalinos e de quebra, divertidos escorregas na água sobre as pedras.

A subida não é muito íngreme nem ensolarada, mas constante.

O prêmio para quem vence o cançaso da caminhada são três cachoeiras gigantescas que desabam em poços profundos, ligados pelos escorregas nas pedras.

Cachoeira dos Primatas

Bairro: Jardim Botanico
Endereço: Sara Vilela
Ponto de Referência: Horto

A trilha até a cachoeirinha, uma ducha generosa que brota entre duas pedras.

A subida de cerca de trinta minutos é bastante íngreme.

O poço é bem pequeno, mas, apesar de tímida se comparada a outras quedas-d'água da cidade, a cachoeira é bem deliciosa.

Cachoeira dos Macacos

Parando o carro na Estrada Dona Castorina, acesso à Vista Chinesa, na altura da represa do Horto, são quinze minutos de caminhada até a cachoeira.

Ducha gelada e poço de águas límpidas.

A queda-d'água tem cerca de 20 metros de altura. Cercada de matas e pedras, a água do poço que se forma embaixo da cachoeira é cristalina