Seu nome:

Seu e-mail:

 
Barra de Guaratiba
Prainha
 

 
 


Dicas Úteis de Passeios no Rio de Janeiro

Maracanã

Maracanã, símbolo mundial da pátria de chuteiras, guarda a história do esporte que é a cara do Brasil

Entre as maravilhas que o Rio de Janeiro possui, encontra-se um dos mais importantes patrimônios turísticos e culturais do país: o Maracanã, o maior estádio do mundo. Na terra do futebol, que faz desse esporte a sua religião, ele é considerado por muitos o “Templo dos Deuses”. Foi construído em 1950 para sediar a Copa do Mundo, e projetado para receber 166.369 pessoas. Hoje, após as reformas, comporta um público de 114.145.

Seu nome oficial, Estádio Jornalista Mário Filho, é uma homenagem a um dos mais importantes jornalistas brasileiros e fundador do Jornal dos Sports. Em 16 de junho de 1950, o Maracanã foi inaugurado com um jogo entre cariocas e paulistas, com o eterno Didi marcando o primeiro gol de placa da história do estádio. Desde então, foi palco de grandes conquistas do futebol brasileiro, dentre elas, a decisão do mundial de clubes em 1963. Naquele ano, cerca de 200 mil pessoas assistiram à vitória do Santos, de Pelé, em cima do Milan, da Itália.

Paixão, emoção e muita adrenalina se misturam nas espetaculares torcidas organizadas, que balançam o estádio levando o público ao delírio. Parada obrigatória de turistas nacionais e estrangeiros, estudantes e visitantes de todas as idades, o gigante tornou-se conhecido mundialmente e perde, em popularidade, apenas para o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar.

O Maracanã não é só show de bola, é também palco de todas as estrelas. Grandes espetáculos musicais foram realizados no local, com a vinda de consagrados ídolos internacionais como Frank Sinatra, Madonna, Rolling Stones, Tina Turner, Prince e Paul MacCarthney. Este último, entrou para o livro dos recordes em 1991, como o show de cantor solo que registrou o maior público da história daquela época. Outros marcos importantes foram a celebração da missa campal em 1980 e o Encontro com as Famílias, em 1997, presididos pelo Papa João Paulo II.

No dia do cinquentenário do Maracanã, em 16/06/2000, foi inaugurado o Hall da Fama, uma homenagem aos 50 jogadores que mais se destacaram ao longo da existência do estádio. Os mais importantes craques da história do futebol imprimiram seus pés em argamassa, deixando suas marcas para a posteridade na calçada da fama. Zico, Roberto Dinamite, Luisinho Lemos, Romário, Quarentinha, Valdo, Pinga, Garrincha, Dida e Bebeto ganharam o título dos dez maiores artilheiros.

A visita guiada compreende o Hall da Fama, Calçada da Fama, Fotos Históricas e Vista Panorâmica.

O complexo esportivo do Maracanã ocupa uma área total construída de 304.284 m² e reúne o Maracanãzinho, onde são realizadas competições esportivas além de espetáculos de entretenimento, o Estádio Célio de Barros e o Parque Aquático Júlio Delamare.