Seu nome:

Seu e-mail:

 
Barra de Guaratiba
Prainha
 

 
 


Dicas Úteis de Passeios no Rio de Janeiro

Parque Estadual da Pedra Branca

Localizado na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro e considerado um maiores parques urbanos do mundo, o Parque Estadual da Pedra Branca possui cerca de 12.500 hectares de área coberta por vegetação típica da Mata Atlântica. Devido à erosão, à poluição, às invasões e ao crescente processo de favelização da área que o circunda, a devastação da mata tornou-se assustadora. As autoridades governamentais tomaram medidas drásticas para proteção dos mananciais hídricos e, em 1988, as autoridades municipais criaram a Área de Proteção Ambiental (APA) da Pedra Branca. Hoje, ele se encontra sob a proteção da Fundação Instituto Estadual de Florestas (IEF).

O parque foi criado a partir da Lei n.º 2.377, de 28/06/74, e nele se encontra o ponto mais alto da cidade, o Pico da Pedra Branca, com 1.204 m de altitude. Em meio a grandes áreas de desenvolvimento urbano nos últimos tempos - Jacarepaguá, Marechal Hermes, Bangu, Campo Grande, Recreio dos Bandeirantes e Guaratiba - o lugar é muito importante para a qualidade de vida, não só de quem mora na vizinhança mas também de toda a população carioca, já que sua rede hidrográfica abastece de água das represas do Pau da Fome, do Camorim, de Taxas e do Engenho Novo.

Para quem gosta de aventura, as caminhadas por trilhas e passeios ecológicos são as melhores opções. O parque da Pedra Branca dispõe de três centros para visitação: o do Pau da Fome, o de produção de mudas e sementes e o centro de visitantes do Camorim. Os passeios são acompanhados de um guarda florestal. Há colônia de férias, visitas guiadas para grupos escolares, com exposição de vídeos, palestras e realização de trabalhos pelos alunos sobre a floresta. O parque ainda oferece cursos sobre temas ligados à conservação ambiental.

Onde: pórtico do Pau da Fome, ao qual se chega a partir do bairro da Taquara, pela estrada do Rio Grande. Para quem vem de Jacarepaguá ou da Barra da Tijuca, o melhor caminho é a partir da estrada dos Bandeirantes, pela qual se tem acesso à estrada do Camorim e assim, ao pórtico do Camorim.
Há três centros para visitação, além de passeios e exposições de vídeos e palestras para as crianças. As trilhas para caminhadas e esportes e os passeios são feitos sob a supervisão de guardas florestais.
 

Dicas de Trekking

A trilha começa no final do asfalto ao lado das casas. Siga em frente por 6 minutos. Dobre a direita e atravesse o rio caminhando por cima do tronco caído. continue andando você encontrará uma bifurcaçãosão 2 rampas, a da direita leva a uma casa, a outra é a trilha. Mais um pouco e chegará a um cruzamento demarcado com 2 ou 3 bananeiras, entre à esquerda. Com 25 minutos de caminhada a trilha fica plana e com 30minutos chega-se ao 1º rio. Com + ou - 46 minutos curta a 1º vista(visão p/ estação de Light). Continue em frente mais 25minutos de caminhada o levarão ao sítio(altitude de 626metros).
Você esta na metade do caminho. Preste atenção ao continuar a trilha. Há 1 trilha que começa ao lado da cerca de arame e vai p/ esquerda, uma outra é seguindo em frente e a correta, começa em frente a um tanque de concreto, talvez, se ainda estiver lá um barril azul que contém água.

Suba a trilha e você verá outra cerca de arame, contorne pela direita. A partir deste ponto o caminho esta calçado com pedras por certo trecho. Com 20minutos(contados à partir da casa) fica plano e com algumas descidas, a Pedra Branca acha-se a direita). O trecho seguinte possui uma bifurcação importante, pode ser assim descrita,  no espaço que há entre uma e outra estão compreendidas 3 árvores. A que está a frente é cortada bem embaixo, as outras são pequenas e quase se tocam pelos seus troncos, Não é difícil identifica-las.

Siga pela direita. Ande em frente você passará por trecho com a trilha mais fechada e em seguida um  visual do Recreio. Perceba que ao continuar na trilha bem do lado direito há uma cerca de arame, logo você irá encontrar um contoco de concreto perdido no chão então a trilha desce. Entre a 2º esquerda, desça e depois vá pegando a trilha que sobe, passe por um trecho onde há eucaliptos e mais uns 4 minutos estará no cume da Pedra Branca(altitude 1024m).

Acesso- Estrada do Pau da Fome – Taquara

Nível - Médio Tempo de subida- 2h. Distância- de acordo com o administrador do parque são +- 11km portanto ida e volta 22km. É uma caminhada recomendada p/ já iniciados no esporte pois, trata-se de uma trilha com várias bifurcações além de não haver mesmo durante finais de semana pessoas percorrendo a trilha. Assim se ficar perdido, não há quem procurar. Também recomendo o uso de calças.